sábado, 11 de abril de 2009

OVINHOS

A época da Páscoa não é muito propícia a risotas e afins. Mas, num blog pretensamente humorístico, o que se espera encontrar? Humor, é claro!

Fartei-me de correr os meus arquivos a tentar arranjar alguma coisa “engraçadinha” relativa a esta época. A única coisa que encontrei foi este texto que vos apresento, que não fala de Páscoa mas fala de “Ovinhos”.

Às meninas eu recomendo que não leiam. Vejam as imagens – no início e no fim do texto – e depois fechem os olhinhos, e pronto!
Não é por nada…só que o assunto versado é para adultos (masculinos) com fortes reservas mentais. O aviso está feito.
OVINHOS

Estava eu a ver TV numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada para fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando a minha esposa se deitou ao meu lado e começou a brincar com minhas “partes”.

Após alguns minutos ela teve a seguinte ideia:

- Por que é que não me deixas depilar os teus “ovinhos”, pois assim eu poderia fazer "outras coisas" com eles.

Aquela frase foi igual a um sino na minha cabeça. Por alguns segundos imaginei o que seriam ”outras coisas”.
Respondi que não, que doeria, e coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu a imaginar as “outras coisas”, não tive argumentos para negar e concordei.

Ela pediu-me que me pusesse nu enquanto ia buscar os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei a ver TV, porém a minha imaginação vagueava pelas novas sensações que sentiria e só despertei quando ouvi o beep do microondas.

Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei estranhos aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentir-se um principiante.

Fiquei tranquilo e autorizei o restante processo. Pediu-me para que eu ficasse numa posição de “quase-frango-assado” e libertasse o aceso à zona do tomatal.

Pegou nos meus ovinhos como quem pega em duas bolinhas de porcelana e começou a espalhar a cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa! O Sr. “tolas” já estava todo “pimpão” como quem diz: “Sou o próximo da fila!”

Pelo início, imaginei quais seriam as “outras coisas” que aí viriam.
Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou-os no plástico com tanto cuidado que eu achei que ia levá-los de viagem.
Tentei imaginar onde é que ela teria aprendido essa técnica de prazer:
Na Tailândia, na China ou pela Internet?

Porém, alguns segundos depois, ela esticou o “saquinho” para um lado e deu um puxão repentino.
Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro “A PUUU*A QUEEEE TE PARIUUUUUUU”, quase gritado, letra por letra.

Olhei para o plástico para ver se a pele do meu “tintim” não tinha vindo agarrada.
Ela disse-me que ainda restavam alguns pelinhos, e que precisava repetir o processo. Respondi prontamente:
- Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!

Segurei o Sr. Esquerdo e o Sr. Direito nas minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazónica em extinção, e fui para a banheira. Sentia o coração bater nas “pendurezas”.

Abri o chuveiro e foi a primeira vez na minha vida que molhei a salada antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos deixando a água gelada escorrer pelo meu corpo.
Saí do banho, mas nestes momentos de dor qualquer homem se torna num bebezinho: faz merda atrás de merda.
Peguei no meu gel pós barba com camomila “que acalma a pele”, besuntei as mãos e passei nos “tomates”.

Foi como se tivesse passado molho de piripiri!
Sentei-me no bidé, na posição de “lavagem checa” e deixei a água acalmar os ditos.
Peguei na toalha de rosto e abanei os “ditos” como quem abana um pugilista após o 10° round.

Olhei para meu “júnior”, coitado, tão alegrezinho uns minutos atrás, e agora estava tão pequeno que mais parecia o irmão gémeo de meu umbigo.

Nesse momento a minha esposa bate à porta da casa de banho e perguntou-me se eu estava bem.
Aquela voz antes tão aveludada e sedutora ficou igual a uma gralha.
Saí da casa de banho e voltei para o quarto.
Ela argumentava que os pentelhos tinham saído pelas raízes, que demorariam a voltar a crescer.
Pela espessura da pele do meu tintim, aqui não vai nascer nem sequer uma penugem - disse-lhe.

Ela pediu-me para ver como estavam. Eu disse-lhe para olhar mas com meio metro de intervalo e sem tocar em nada, acrescentando que se lhe der para rir ainda vai levar PORRADA!

Vesti a t-shirt e fui dormir, sem cuecas. Naquele momento, sexo para mim nem para perpetuar a espécie humana.

No outro dia de manhã, arranjei-me para ir trabalhar. Os “ovos” estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros.
Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca dantes soprados.

Tentei vestir as boxers, mas nada feito. Procurei algumas mais macias e nada. Vesti as calças mais largas que tenho e fui trabalhar sem nada por baixo.

Entrei na minha secção com uma andar igual ao de um cowboy cagado.
Disse bom dia a todos, mas sem os olhar nos olhos, e passei o dia inteiro trabalhando de pé, com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Conclusão:
- Certas coisas só devem ser feitas pelas mulheres. Não adianta nada tentar misturar os universos masculino e feminino.

24 comentários:

Ana Martins disse...

Votos de Páscoa Feliz e um beijinho,
Ana Martins

o que me vier à real gana disse...

Para ti e todo o pessoal que por cá passa, uma muito feliz Páscoa!

Zé do Cão disse...

PASCOA FELIZ.

um abraço

Fenix disse...

Ahahaha!
Já conhecia esta, até já serviu de brincadeira com os meus amigos (ex-colegas) engenheiros. Num curso de engenharia electrotécnica, de há 20 anos, a maioria são homens e as poucas mulheres que havia eram tratadas como respeito, mimo, mas como iguais. Por isso estas brincadeiras são para todos e eu adoro "meter-me" com eles :-)))

Venho desejar uma Boa Páscoa.
Cheia de saúde, amor e sorrisos.
Beijinhos
São

Trago uma pequena lembrança...
<img src="http://docs.google.com/File?id=dc6xjkpj_62529bpsvxhp_b">

Desnuda disse...

Botinhasssssssssssssss! O que você arrumou pra ela cometer tamanha atrocidade com seus ovinhos? Que ela não se zangue e nem a deixe ler meu comentário...Mas acredito que ela sentiu vontade de ter uma sessão de sado- masoquista. Bela rainha ela me pareceu! kkkkkkkkkkkkkkk

Beijos e Feliz Páscoa!

Giselle disse...

Kkkkkk
qdo idsse para as meninas não lerem, não cohece a nossa curiosidade né?
Claro que eu li do começo ao fim, rs...
Menino imagine a situação, ui deve ter doído horrores, aff ...
Kkkkk posição de frango assado imagine a situação, rs...
Linda Páscoa para vc adorei a piadinha,
beijos

São disse...

Que a Páscoa tenha sido pródiga em chocolate...
Boa semana.

Oliver Pickwick disse...

Teve sorte! Por pouco não transformava-se em um eunuco. :)
Um abraço!

Mara disse...

Caro Botinhas,

Acabei de tomar uma importante decisão. Acabaram-se as minhas visitas ao Botinhas. A minha idade está um pouco avançada e, rir demais pode interferir com o meu sistema cardíaco e, aí vou eu desta para melhor, ou pior, só Deus sabe.
Vou tomar o meu calmante sem mais delongas.
Adeus, até nunca mais. LOL

Boa sorte

Mara

Francisco Sobreira disse...

Caro Botinhas,
O seu texto, engraçado, irreverente, com o uso de algumas palavras que nos fazem rir, me fez lembrar de um colega da blogosfera, aqui do Brasil, que tem também um forte senso de humor e uma linguagem como a desse texto. Um abraço.

Daniel Costa disse...

Botinhas

Claro!... Essa coisa nunca se fazem em tempos pascais!
Então como é que o homem podia ir na Procissão dos Passos?
Louvados sejam os deuses!...
Abraço,
Daniel

BOTINHAS disse...

Amiguinha Ana Martins
A Páscoa já passou...já não posso retribuir os teus votos.
Mas posso desejar, e desejo, que todos os teus dias sejam "Domingo de Páscoa".
Muito obrigado.

Beijo fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão o que me vier...
Obrigado pelos votos de boa Páscoa.
Que tenha sido boa para ti, também.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão Zé do cão
Obrigado por teus votos.
Que tua Páscoa também tenha sido feliz.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amiguinha São Fenix
Pois...eu não tenho o monopólio das piadas...procuro publicar o que "me parece" menos conhecido, mas...tu também sabes tudo :(((
Tou a brincar contigo, sabes isso.
Eu também gosto muito de brincar, mas o respeitinho é muito lindo e eu gosto!
Por isso seria incapaz de faltar ao respeito a alguém, e muito menos a alguma das minhas amiguinhas.
Gostou? P'ra semana há mais :)))

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amiguinha Desnuda
Tu tás a ver bem o que um homem sofre às mãos duma mulher???
É que nem te passa pela cabeça!!!

Mas podes comentar à vontade tudo o que quiseres. Temos uma relação aberta, muitoooooooo aberta, sem amarras!

Que a tua Páscoa tenha sido feliz.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amiguinha Gi
E você acha que é caso para rir???
Gostava de ver você em posição de frango assado... a ver se você ria!
É que aquela droga faz doer mesmo...
Mas tudo bem, eu perdôo a risota.
Afinal é para isso mesmo que você aqui vem, não é mesmo?
Mantenho sempre essa boa disposição, qué o qué preciso...

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amiguinha São
Foi pródiga, sim, até demais.
Agora tenho mais uns quilitos para abater!!!

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão Oliver
Mas olhe que esteve por pouco!!!
Foi sorte!!!

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amiguinha Mara
Mas como a menina é mazinha, senhorita!
Então nunca mais vem me ver???
E o que faço com as saudades???
Hein? Hein? Hein?
Estou à espera duma resposta...

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão Sobreira
Se lhe faço lembrar um colega bloguista com um forte senso de humor...é porque também aqui encontra motivo para boa disposição.
Estou certo ou estou errado???

Obrigado! Volte sempre.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão Daniel
Desculpa, mas não concordo contigo, nessa cena da procissão.
É que o ar de sofrimento era maior do que o do Senhor que leva a cruz às costas - peço desculpa mas sou pouco, ou nada, versado nos nomes dos santos.
Tás a ver a concorrência?

Abraço fraterno
Botinhas

Desnuda disse...

hahahahaha E não é amigo? Dizem que ser mãe é "padecer no paraíso". Mas marido sofreeeeeeeeeeeeeeeee! Oh se sofre!

Ah o cheiro de amor vai estar sempre presente, com a graça de Deus, no meu cantinho. Todos os tipos de amor..e até o que voce sentiu neste post...Um pouco mais forte hehehehhehehe. Obrigada por deixar-me brincar também neste espaço. Aliás amigo é super recomendado pelos médicos para sermos saudáveis. Rir é sempre o melhor remédio e a saída para tudo! É o que desejo para mim, para todos...Para o universo! Trabalhar com a energia do amor e do sorriso é uma dádiva divina.


Terno beijo

BOTINHAS disse...

Amiguinha Desnuda
Quantas vezes quis ir a tua casa e encontrei o portão fechado!
Hoje de manhã a Mariazita disse-me que podia entrar pela porta do lado.
Mas comigo não! Eu só entro pela porta da frente!!!
Agora já se ode entrar. Fui lá ver, antes de começar a escrever.
Não é que tenha algo especial para te dizer... a não ser que concordo contigo no que respeita ao amor e aos sorrisos.
Portanto, com um sorriso de orelha a orelha, deixo-te o meu
Abraço fraterno
Botinhas