segunda-feira, 16 de novembro de 2009

NA VIDA TUDO É RELATIVO

Eis uma grande verdade!
Por exemplo: eu tenho tido muito trabalho, mas tenho tido ainda mais saudades vossas. Portanto, relativamente ao trabalho, as saudades são maiores. Por outro lado, as saudades, quando satisfeitas, alimentam a alma; o trabalho, quando recompensando, alimenta a boca.
É ou não é tudo relativo???
Parece-me que o que acabei de “dizer” não prova nada…
Vamos ver se a história que se segue “prova” mais qualquer coisa.

PS – Estava a esquecer-me do mais importante: não levem a mal não vos visitar tanto como gostaria, mas de momento não dá mesmo. Vou tentar fazer UMA visita por dia, de acordo?

Aí vai a história:

NA VIDA TUDO É RELATIVO

Ao fim da tarde, um ginecologista aguarda a sua última paciente, que não chega.
Depois de 30 minutos de espera, ele supõe que esta já não virá e resolve tomar um gin tónico para relaxar antes de voltar para casa.
Instala-se confortavelmente numa poltrona e começa a ler o jornal quando toca a campainha.
É a paciente que chega toda esbaforida e a pedir desculpas pelo atraso.
- Não tem importância - responde o médico.
Olhe, eu estava a beber um gin tónico enquanto a esperava. Quer um também para relaxar um pouco?
- Aceito com prazer - responde a paciente aliviada.
Ele serve-lhe um copo, senta-se na sua frente e começam a conversar sobre banalidades.
De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório.
O médico tem um sobressalto, levanta-se bruscamente e diz:
- A minha mulher! Rápido, tire a roupa e abra as pernas!

Na vida tudo é relativo

19 comentários:

Zé do Cão disse...

Bem vindo Botinhas.

Ainda bem que não és ginecologista.

Abraço

São disse...

É bom ter-.te de volta...e ao teu bom humor!

Um grande abraço.

Sofá Amarelo disse...

Perfeito... na próxima reencarnação quero ser ginecologista... solteiro!!!

BOTINHAS disse...

Caro Zé
Não era profissão que me seduzisse.
Gosto muito do que faço - e do que não faço, ainda gosto mais!!! :)))

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

São, dilecta amiga
Gostava de poder ver-te todos os dias.
Mas como não pode ser...vou-me contentando com o que é possível.

Abraço fraterno e um respeitoso beijo
Botinhas

Daniel Costa disse...

Botinhas

Esperava-se coisa diferente, depois de desatar a sorrir, pensando bem a mulher ia só fiscalizar o trabalho e ele estava ali relaxado com a cliente, em vez de lhe estar a observar a anatomia.
Sempre a sorrir, ficou a prova de que tudo é relativo rerereririri.
Abraço e trás mais, tens muito jeito para as contar.
Daniel

BOTINHAS disse...

Pois é, Sofá Amarelo, convém seres solteiro, para evitar visitas surpresa...
Obrigado por teres vindo. Volta sempre.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigo Daniel
A vida tem as suas contingências, e há profissões, como a de ginecologista, por exemplo, que deviam ser consideradas profissões de risco.
Imagina que a doente não abria as pernas... O que é que a legítima ia pensar (e fazer!!!).

Fica bem.

Abraço fraterno
Botinhas

In Cucina disse...

Olá Botinhas, como é bom visitar o teu espaço!

Entre um trabalho e outro, procure alimentar o teu blog, pois fará muito bem aos teus eleitores ok?

Abraços brasileiros e até a próxima.
Teresa

BOTINHAS disse...

Amiga Teresa
Muito obrigado pela visita e pelas suas palavras tão bonitas.
Eu venho sempre que tenho possibilidade, e não tantas como eu gostaria.
A verdade é que é um grande prazer estar na companhia de tão bons amigos e amigas. Por isso, quando arranjo uns minutos...cá estou eu.

Abraço fraterno
Botinhas

Canduxa disse...

Querido Botinhas,

Passei para saber noticias tuas e acabo por ir embora a sorrir....já tinha saudades!
Com a tua anedota mesmo que tudo na vida é relativo...é mesmo!

Beijinhos

elvira carvalho disse...

Nem só de pão vive o homem...mas também de carne e peixe e mais um monte de coisas verdade? E para isso precisa dinheiro. Logo trabalho. Até para matar saudades, agora custa dinheiro. Se não pagar a internet não consegue andar por aqui não é?
Por isso é que eu sempre digo que se o dinheiro não é tudo na vida, é quase tudo.
Um abraço, uma excelente semana, e tudo de bom.

BOTINHAS disse...

Amiguinha Elvira
Está COMPLETAMENTE cheia de razão.
O "vil metal" tem muitaaaaaa força.
Como eu gostaria de dizer que ele é secundário na vida! Mas estaria a mentir, infelizmente.
Por isso temos que ir "encanando a perna à rã".
Sabe que eu não tinha pensado que até mesmo para matar saudades AQUI é preciso gastar dinheiro???
É como digo, estou totalmente de acordo consigo.

Desejo-lhe uma semana muito feliz.

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Querida amiguinha Canduxa
Fiquei muito feliz por te ver aqui na minha casota.
Gosto de te ver sorrir.

Desejo-te uma semana cheia de felicidade.

Abraço fraterno
Botinhas

São disse...

Vim ver se já tinhas arranjado mais um bocadinho de tempo para nós, rrss

Um grande abraço.Botininhas.

BOTINHAS disse...

São, minha amiguinha
Estava no Outlook e vi a mensagem avisando-me do teu comentário.
Vim logo ver-te. Sim, ver-te. Em pequenina (muito bonita, diga-se de passagem), mas VI-TE!
Pois é, amiga, o tempo não tem sido muito, mas estou a tentar compôr, assim um pouco aos bochechos, um post para muito breve.
Logo tomarás conhecimento. Fica atenta... :))))

Uma noite feliz.

Abraço fraterno
Botinhas

Desnuda disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Tudo é mesmo relativo! E você provou ser! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ficamos sem o gin tônico, mas rimos muitooooooooooo! E quem precisa de beber para ficar alegre, não? Ops! Provamos mais coisas! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Beijão, Botinhas.

poetaeusou . . . disse...

*
até a relatividade,
de Einstein . . .
,
conchinhas coloridas,
deixo,
,
*

São disse...

Ora que o teu domingo tenha mais sol do que o meu, que está a modos que chuviscoso.

Um abraço.